Categories
Notícias

Pokémon HOME recebe site com preços e novidades

A Pokémon HOME, novo depósito de monstrinhos para o Switch, enfim começa a tomar uma forma mais definida. Restando apenas um mês para seu lançamento, um novo host site oficial trouxe um pouco de luz aos recursos e precificação do serviço.

O depósito em si funcionará como na imagem abaixo: as versões Sword & Shield poderão guardar e receber qualquer monstrinho (desde que disponível na sua Pokédex); Pokémons vindos da série Let’s Go só poderão retornar a ela se não forem enviados ao Sw/Sh; será possível transferir alguns monstros ou todo o Pokémon Bank para a HOME de uma vez, mas a viagem é só de ida; e a integração com Pokémon Go vai ficar para o futuro.

Modalidades de depósito (via Nintendo)

Para os interessados em mandar seu repositório do 3DS para o Switch, o Pokémon Bank ficará gratuito por um mês após o lançamento da HOME. Porém, não é só um depósito que a HOME terá disponível: será possível trocar pokémons direto do serviço por quatro métodos diferentes, exclusivamente pelo aplicativo para smartphones.

O Wonder Trade de Sw/Sh vem à HOME como o Wonder Box, onde até dez monstros podem ser colocados num box para serem trocados aleatoriamente ao longo do dia. No Room Trade por outro lado, até 20 pessoas entram em uma sala, escolhem seu pokémon a ser trocado e recebem de outra pessoa da sala totalmente no escuro (calma, a classificação é “Everyone”).

O GTS também faz seu retorno aqui, podendo deixar até três pokémons publicados online com um pedido exato do que precisa vir em troca. E, claro, será possível trocar pokémons normalmente com amigos adicionados na HOME, só não se sabe ainda se dará para adicionar via Nintendo Account/NNID ou inventarão mais um Friend Code.

Uma outra gama de ferramentas também integrará a HOME no seu lançamento. A National Dex registrará todos os pokémons depositados, mostrando suas entries em jogos passados e sumários sobre mega-evoluções e Gigantamax, além de habilidades e golpes possíveis para cada pokémon quando consultada pelo celular. A função Judge permitirá a consulta e classificação de pokémons por IV, um “quarto” ficará disponível para personalizar com stickers, obtidos completando missões, Mystery Gifts especiais poderão ser baixados e será possível consultar notícias sobre jogos cadastrados e dados de batalhas online de Sw/Sh.

Compatibilidade das ferramentas da HOME (via Nintendo)

Surpreendentemente, uma assinatura não é obrigatória para se utilizar a HOME. A precificação do Plano Premium é simples, custando 3 dólares a assinatura mensal, 5 a quadrimestral e 16 a anual, e grande parte dos recursos serão disponibilizados gratuitamente, porém limitados. O limite de pokémons depositados gratuitamente é de 30, por exemplo, contra os 6ooo possíveis na licença Premium

Benefícios do Plano Premium (via Nintendo)

Com esses novos detalhes, a Pokémon HOME deixa de ser apenas uma versão do Pokémon Bank para o Switch e se torna uma ferramenta bem útil para quem joga. Só a possibilidade de trocar a qualquer momento direto do banco já é uma grande ajuda, enquanto que o Judge e a National Dex com funções exclusivas pelo app vão ajudar muito os treinadores a montarem seus próprios times. Acesse o link para consultar o site oficial da HOME.

Leave a Reply

Your email address will not be published. Required fields are marked *