Curiosity consegue passar de legal a sem graça em dois dias

Acho que não sou o único que não dava nada para Curiosity: What’s Inside the Cube, o novo jogo de Peter Molyneux. Seu resumo não parece nem divertido e nem interessante – um cubo gigante feito por centenas de camadas de cubinhos minúsculos  e quem destruir o último deles verá algo secreto e nunca antes presenciado -, mas resolvi baixar, era de graça mesmo.

Como levo o iPad todos os dias para a aula comecei o game com mais três amigos, e todos tivemos a mesma: que coisa mais sem sentido. Eu e um deles continuamos a destruir os bloquinhos do mesmo modo, enquanto as duas meninas que estavam conosco foram bem mais céticas e pararam. Não demorou cinco minutos para elas se juntarem a nós dois.

Ficamos um bom tempo clicando nos cubetes, como são chamados, e em dois dias conseguimos acumular por volta de 1,5 milhão de gold destruindo um total de mais de 16 mil deles. Agora imaginem quatro idiotas batendo adoidadamente num iPad dentro da sala de aula.

A diversão não era grande e ninguém estava ai para o que tinha dentro do maldito cubo, a gente só os quebrava como se não houvesse amanhã. A única coisa que eu conseguia pensar sobre esse jogo é que ele é uma versão mais moderna de plástico bolha, besta mas divertidinho, a ponto de dar até uma recompensa se você for bom e explodir bolhinhas.

Para os curiosos, o gold serve para comprar bombas e picaretas que destroem mais cubos simultaneamente, ver estatísticas do game e também o “progresso” dos seus amigos do Facebook que estão em Curiosity. A parte de ver estatísticas era bem legal, mas tiraram praticamente todas as informações bacanas de lá com o último update, como o total de cubos destruídos (já havia passado de 1 bilhão), o número de jogadores online e estatísticas pessoais.

Este mesmo update cortou os 1,5kk de gold que tínhamos acumulado para meros 200 mil. Tentei entrar em contato com a 22cans tanto por twitter quanto por email, mas sem sucesso, e do mesmo jeito que instalei Curiosity sem pretenção nenhuma o deixei  partir do mesmo modo. Me arrependo de ter baixado? Não, assim como não me arrependo de tê-lo deletado depois de três dias, afinal, ele foi apenas um plástico bolha virtual.

About Luigi Olivieri

Membro fundador dessa página maravilhosa que chamamos de PlayerTwo.com.br. Mestre pokémon, fã de rogue-likes e tuiteiro de plantão.