O Japão que você não gostaria de conhecer

Todo mundo tá cansado de saber que no Japão os gamers tem uns gostos um tanto quanto peculiares, e o fato da indústria ser gigantesca faz com que existam jogos dos mais variados tipos. Também é óbvio o fato de que as culturas ocidental e oriental são bem diferentes, mas recentemente temos recebido títulos bem polêmicos.

O lançamento da edição especial de Record of Agarest War 2, exclusivo de PS3, vem para reforçar isso. Se você achou estranho o kit de Diablo III que continha uma toalha (iradíssima) do game, o que dizer da boneca inflável e da toalha que acompanham a edição de colecionador? Nela também é incluso um livro, que conta mais um pouco sobre o universo da série (nada de contos eróticos).

Para quem ainda não está satisfeito, o RPG terá suporte ao PlayStation Move, aonde você poderá se divertir no minigame no qual você tem que massagear garotas. Enquanto a publicidade feita para a série pode ser bem apelativa, nem de longe trouxe tanto impacto quanto o jogo RapeLay, lançado em 2006 para PC.

Nele, o objetivo é estuprar uma mãe e suas duas filhas, uma delas aparentado ter 13 anos, diga-se de passagem. Como esperado, algum tempo após seu lançamento ele teve uma tremenda repercussão negativa, incluindo aqui no Brasil, pois  além de simular estupro, insinua pedofilia e aborto. Completamente perturbador.

Saindo do lado ilegal e indo numa vibe mais positiva, temos o game Love Plus, para Nintendo DS. Ele faz parte de uma categoria relativamente popular no Japão, a de simuladores de relacionamentos. Existem muitos jogos dessa categoria por lá, mas esse se tornou bem famoso por causa de SAL9000.

Esse é o nickname de um japonês que há 2 anos atrás se casou com a personagem Nene Anegasaki. Para quem pensa que é brincadeira, a cerimônia foi transmitada online e o casal teve também sua lua-de-mel. Não me pergunte o que eles fizeram lá, a propósito.

Bizarrices à parte, a intenção do post não foi provocar uma opinião preconceituosa ou tendenciosa. O que queremos mostrar é que o mundo é gigantesco e existem opiniões diferentes para tudo, principalmente quando o assunto é videogames. Nós aqui do PlayerTwo queremos saber, qual é a sua posição sobre esses jogos não convencionais? Conhece mais algum jogo estranho? Não deixe de manifestar sua opinião, comente!