Jogos de Super-Heróis: 3 recomendações para se divertir com o gênero

BATMAN

Entre obras primas e falhas homéricas, os games de super-heróis bebem de uma fonte explorada à exaustão, entretanto, extremamente popular. Com marcos históricos, o gênero é um dos preferidos pelos fãs, principalmente pelo fato de trazer personagens queridos por grande parte do público.

No entanto, é preciso ter cuidado em sua escolha, visto que games como X-Men Origins: Wolverine (sim, fizeram um jogo baseado no filme, que já era ruim) e Superman 64, este último um grande fracasso, podem levar seu suado dinheiro embora e estilhaçarem seu coração de fã.

Pensando em todos esses aspectos, tomo como necessária a construção de uma breve lista, indicando expoentes do gênero, que podem e devem ser jogados pelos fãs. Me preocupei também em citar alguns jogos antigos, visando atender aos fãs que ainda não tem acesso as novas plataformas.

Confira a lista abaixo:
Marvel: Ultimate Alliance

Um épico para os fãs da Marvel. O enredo gira em torno de Doctor Doom, clássico vilão da empresa que volta para fazer o que sabe de melhor: tentar dominar o universo. Apesar de ter uma história clichê, ela é um tanto convincente e consegue contribuir de maneira positiva para a obra.

A jogabilidade é o ponto alto do jogo. Além de poder construir seu próprio time de heróis, o game também possui elementos de RPG que permitem o desbloqueio de novas habilidades e maximização de status, como saúde e mana.

Além das missões principais, existem inúmeros objetivos secundarias espalhadas pelos mundos visitados. Tais tarefas devem ser feitas para ganhar pontos de experiência e adicionar elementos a conclusão geral do game, que é também programada para se apresentar com base em escolhas feitas em algumas dessas missões, algo parecido com The Witcher 3.

Vale lembrar que estamos falando do primeiro jogo dessa franquia. O segundo, inspirado pelos eventos da Guerra Civil, tinha enorme potencial, mas decepciona em todos os aspectos imagináveis.

sl

Justice League Heroes

A rival DC também não ficou atrás, e nos brindou com um ótimo jogo de heróis, contemplando seu próprio time: a Liga da Justiça. Vilões com Brainiac, Gorilla Grood e Darkseid fazem o papel de antagonistas da trama, esta que é interessante, mas nem de longe tão envolvente quanto a de Ultimate Alliance

O jogo permite a escolha de dois super-heróis para compor sua equipe em cada cenário. Alguns heróis já estão liberados desde o início, enquanto outros devem ser adquiridos com pontuação do jogo. Vale lembrar que, ao adicionar Superman na dupla, a vitória é praticamente garantida, então se o jogador procura desafio deve evitar ao máximo o uso do personagem.

O ponto principal do game é seu multiplayer. É possível jogar todo o modo história com um amigo, enriquecendo ainda mais a experiência, já que o avanço pelos cenários passa a ser dependente da destreza de ambos, e um time desequilibrado pode significar o fracasso.

Série Arkham

O ponto máximo do gênero é, sem dúvidas, a série de jogos do Homem-Morcego. Com jogabilidade aprimorada e uma história consistente, a obra é, no geral, uma das melhores franquias da história dos games.

A série aborda diferentes momentos da história de Bruce Wayne, passando por seu surgimento como herói, enfrentamento com seus principais antagonistas e seu fim em Arkham Knight.

Além de construir um herói humano, a Rocksteady também se preocupou com a criação de um Coringa que, se não é perfeito, é digno de estar lado a lado com os principais vilões da indústria de jogos. Afinal, o grande antagonista do Cavaleiro das Trevas não o abandona nem após sua própria morte.

Não me alongarei mais no game, visto que o texto do amigo André Cárceres aqui no blog sobre o tema explica de maneira aprofundada os elementos e o sucesso da franquia. A mim só resta recomendar a obra prima, se possível, para ser jogada em sua totalidade.

A lista visou dar algumas indicações, mas não é, de maneira alguma, definitiva. Outros jogos também têm ótima qualidade e trazem importantes contribuições ao universo dos heróis. E você? Qual o seu jogo favorito do tema?