Neo-Retro All-Stars – Parte 1

asas

Fechando o mês do Neo Retrô, esse post trará uma grande quantidade de jogos que merecem esse título. Como já dito, jogos Neo-Retrô são aqueles que sofreram remakes e/ou receberam uma nova cara nessa geração, mas sem perder sua essência. Aqui no blog três jogos já apareceram nessa categoria: Ducktales Remastered, TMNT: Turtles in Time Re-shelled e Castlevania: Dracula X Chronicles. Vamos conferir mais alguns que merecem destaque:

Ultimate Ghosts ‘n Goblins (PSP): Lançado em 2006 pela Capcom, UG’nG sem dúvidas é um prato cheio para os fãs de longa data. Controlando novamente o cavaleiro Arthur, o jogo conta com gráficos totalmente em 3D, mas mantendo as particularidades da série: estilo plataforma e dificuldade extrema. Ainda não sendo o bastante, algumas novidades foram implementadas no personagem como novos poderes, armas, magias e armaduras.

Mega Man Maverick Hunter X (PSP): Apesar de muitos acharem a Capcom uma empresa mercenária, ela conseguiu acertar em seus remakes. MMHX é o remake do primeiro título da série lançado originalmente para o SNES. Inicialmente, a ideia era fazer com que o jogo fosse Megaman X9, mas devido ao “sucesso” dos últimos jogos os produtores acharam que um remake era o mais sensato a fazer-se. Mantendo a mesma jogabilidade, o game agora conta com diálogos dublados, uma discreta mudança no enredo e nas fases do jogo. Além disso, Vile agora é um personagem jogável e para entender ainda mais a história do game um OVA foi inserido no jogo.

Motor Rock (PC): Desenvolvido por um equipe russa (ah, a Rússia…), o game é o remake do fantástico Rock’n Roll Racing. Feito totalmente de maneira independente o título conseguiu  chegar a Steam mas por violação de direitos autorais o mesmo foi removido. As diferenças já começam com a opção de mudar a câmera do carro, além dos personagens e mundos jogáveis serem diferentes. A trilha sonora também foi refeita e conta com versões instrumentadas.

Final Fantasy I, II (PSX, GBA, Wonderswan Color, PSP, iOS): Como prometido pela S-Enix, seus jogos receberam vários remakes. Enquanto os remakes dos 2 primeiros títulos deram as caras primeiramente no PSX, um port chamado Final Fantasy: Down of Souls foi lançado para o GBA. Mas a “versão final” dos remakes só chegaria em 2007 para o PSP na coletânea Final Fantasy 20th Aniversary Edition. Apesar do classicismo presente nos gráficos, todo o jogo foi refeito em 2D, porém, contendo novos sprites e cenários com maior definição. Outro ponto forte é que agora o jogo conta com chefes e dungeons extras (algo já presente nas versões de GBA), mas sua história se mantém intacta!

Final Fantasy III, IV (PSP, DS): Final Fantasy III foi lançado para o NES em 1990 e oficialmente nunca teve uma versão em inglês. Isso até 2006, onde o remake foi lançado para Nintendo DS (e posteriormente para o PSP). Um remake digno de parabéns, pois todo o jogo foi trazido para o 3D e conta também com novas classes e uma dungeon extra. Seguindo o mesmo padrão gráfico, Final Fantasy IV também recebeu um remake para o DS. Só que dessa vez a S-Enix se deu o trabalho de dublar as vozes dos personagens! O sucesso de FF IV ainda permanece, ainda mais com outro remake do jogo lançado para o PSP. O diferencial é que essa versão foi feita com base nos FF’s Anniversary Edition e agora o jogo conta também com a “expansão” After Years, continuação direta do game que havia sido lançada para o Nintendo Wii.

Megaman Powered Up (PSP): Pouco depois do remake de Megaman X aparecer no portátil da Sony a Capcom resolveu lançar também um remake do primeiro Megaman, lançado para o NES chamado: Megaman Powered Up. Como antes, gráficos em 3D e jogabilidade intactos ainda estão presentes mas os fãs da série podem estranhar o design dos personagens por serem extremamente infantis. Tirando esse fato, temos um excelente jogo que conta com 2 novos chefes, a possibilidade de jogar com Protoman, Roll, entre outros personagens e muitos outros extras!

Finalizando a primeira parte do artigo deixo uma galeria com imagens dos jogos listados. Se você sentiu falta de algum outro jogo que merecia estar nessa coluna deixe um comentário com sua sugestão!

About Kaio Rodrigues

Único sobrevivente dessa página maravilhosa chamada PlayerTwo.com.br, junto com o fundador. Amante de jogos independentes de fan-made, passo parte do meu tempo sonhando em um dia ser jornalista de games.