PlayStation 3 brasileiro custará 2 mil reais

A Sony do Brasil revelou, após muita novela, o preço do PlayStation 3 “oficial” nas nossas terras tupiniquins.

O console, em sua versão de 120GB, sairá por uma bagatela de R$1.999, e será vendido nas lojas Sony Style e em revendas autorizadas. A embalagem e os manuais serão em português, e a garantia é de um ano. Para receber o selo do Inmetro, a empresa teve que trocar os cabos de força, para que o videogame possa aguentar a eletricidade bastante estável do Brasil.

“Na noite de ontem [terça-feira] conseguimos chegar ao preço de R$ 2 mil. Não estamos tendo margem [de lucro] em cima das vendas do console”, disse Anderson Gracias, gerente da divisão PlayStation no Brasil, para o G1. É bom saber que isso não é muito verdadeiro.

O PlayStation 3 custa 299 dólares nos Estados Unidos, o que dá cerca de 600 reais. Precisamos, claro, relevar que a Sony não paga este preço na produção do videogame. Pode adicionar todos os impostos que você quiser, que o preço final será de R$ 1.285.

Não sei do que são feitos os manuais e o novo cabo. Suponho que é ouro, para adicionar 700 reais no preço. Mas lembre-se. A Sony está sendo legal, porque era para o console sair ainda mais caro.

No final das contas, quem vai comprar o videogame por este preço é o consumidor desavisado. Aquela tia que quer dar um presente legal para o sobrinho. Aquele avó fazendeiro cheio da grana que dá o “joguinho” pro menino mas não deixa ele colocar na TV, porque pode estragá-la.

Quem é apaixonado por videogames vai continuar comprando em lugares muito mais baratos. O cabo pode ser de ouro, e os manuais em nossa língua, mas prefiro pagar cerca de mil reais em diversas lojas por .

E leia este texto do Gizmodo.