Ragnarok faz 8 anos no Brasil e recebe server oldschool

Sim, jovens e adultos do Brasil, já faz oito anos que a Level Up! trouxe para terras tupiniquins os primeiros servidores de Ragnarok Online, o primeiro MMORPG a ser traduzido para o português e a rodar em servidores dentro do país. Hoje eu duvido muito, mas por muito tempo ele reinou como o MMO mais jogado do Brasil, tanto por meios oficiais como em servidores piratas.

A LUG quis trazer esses bons tempos de volta nesse seu oitavo aniversário, lançando um servidor totalmente novo e bem diferente dos outros dois existentes. Asgard chegou na última semana à lista de servers brasileiros com as mesmas características que levaram os finados Loki e Chaos à posição de estrelas: ratio 1, venda de asa de mosca e de borboleta em NPCs, perda de apenas 1% de experiência ao morrer e uso das skills Portal e Teleporte sem restrições – ou seja, um monte de idiota castando as magias sem parar no mapa para baixo de Prontera -.

A grande decepção é que ele não é igual a um servidor lançado no iRO que resetou tudo, inclusive as atualizações. No quesito updates, Asgard vai partir do mesmo ponto de Odin e Thor e também terá o sistema de ROPs, o famoso e destrutivo Cash do game. Pelo menos as cartas não vão ser vendidas inicialmente nos vendedores (notem o inicialmente).

Outra coisa que vai incomodar um pouco é que é preciso gastar ou ter gasto 10 reais em ROPs para acessar o server, algo bem desnecessário ao meu ver. Talvez isso seja um modo de instigar a nostalgia, fazendo com que a galera pague para jogar Ragnarok como foi a partir de uma época em Loki e Chaos, mas parece um pouco demais já.

 

About Luigi Olivieri

Membro fundador dessa página maravilhosa que chamamos de PlayerTwo.com.br. Mestre pokémon, fã de rogue-likes e tuiteiro de plantão.