Sonic Generations: Antes e depois da dieta

Juntar o passado e o presente para trazer um game do ouriço azul que valha o dinheiro investido nele, é isso que a Sega planeja para Sonic no seu aniversário de 20 anos. Um trailer semana passada apresentou essa ideia, e agora Sonic Generations foi oficialmente revelado pela empresa.

Mais u18m vídeo chegou com o anúncio, que mostra um pouco da gameplay que veremos futuramente. O bom e velho Sonic, baixinho e de olhos pretos, ficará com a jogabilidade 2D em side scroll, enquanto o Sonic enxuto do século XXI fará o que já está acostumado: correr pelas fases em três dimensões.

Essas fases estarão divididas em três épocas do personagem: a do Genesis, muito bem representada por Green Hill Zone, a do Dreamcast e por fim a era moderna. E como o game poderá ser jogado em 2D e em 3D, cada nível será adaptado para os dois tipos de jogo.

O Diretor Global da marca Sonic explica que a Sega quer combinar a nostalgia dos primeiros anos do ouriço com a inovação e a incrível tecnologia HD que temos hoje nos games. “Sonic Generations será certamente uma celebração a altura para o aniversário de 20 anos de Sonic”, ele comenta.

Como ainda estamos falando de um novo game do ouriço, uma história “sinistra” justifica o encontro dos dois. Diversos “buracos temporais”, criados por um inimigo desconhecido, estão sugando os personagens do presente, obrigando que Modern Sonic e Classic Sonic se unam para por o tempo nos eixos.

Para conseguir salvar o mundo e o tempo, o Sonic antigo usará seus clássicos Spin Dash e Spin Attack, enquanto o moderno usará os golpes Homing Attack e Sonic Boost. E serão apenas esses movimentos, já que não haverá mais nenhum personagem jogável além dos dois.

O game está previsto para o final do ano, na época do Natal, para Xbox 360 e PS3, por causa da alta definição. Agora a pergunta que fica é: será que o Ciclo de Sonic atacará novamente?

[nggallery id=14]

[via Joystiq]

 

About Luigi Olivieri

Membro fundador dessa página maravilhosa que chamamos de PlayerTwo.com.br. Mestre pokémon, fã de rogue-likes e tuiteiro de plantão (@luigilol).