Conheçam Titan Souls – O jogo indie que poderia ser um novo Shadow of the Colossus

titansouls2

Shadow of the Colossus é um título que fez história na geração do Playstation 2.  Tido para muitos como o melhor título do console, o game apresentava características para uma narrativa que até então nunca havia sido explorada da maneira como o game fez. Com um grande mapa que continham locais bem trabalhados e, as vezes, que nada representavam, somando ao fato de não haver NPC’s ou qualquer outro tipo de inimigos que não fossem chefes davam ao jogador aquele sentimento de curiosidade ao explorar cada canto e detalhe daquele rico mundo, buscando imaginar o porque das coisas estarem ali . Não é a toa que até hoje muitos ainda acreditam que o título guarda um segredo que não fora desvendado.

Partindo agora para Titan Souls a primeira coisa que pode-se dizer sobre ele  é que é um jogo curto. Criado em apenas 2 dias para a Ludum Dare, uma competição para a a criação de jogos funcionais em um curto período de tempo, o título conta com uma simples jogabilidade e quase nenhum enredo – ou um enredo subjetivo, por assim dizer -. Armado apenas com uma flecha que não quebra e que tem que ser buscada depois de lançada, o objetivo do jogo é derrotar 4 chefes, cada um contendo um ponto fraco único. Um detalhe muito interessante é que o jogo todo é baseado em um sistema “One-Hit K.O.”: um único contato com os chefes e o personagem morre e um único contato entre o ponto fraco dos chefes com as flechas garantem a vitória para nosso heroi.

As semelhanças com com SotC são gritantes: somente existem chefes; um mapa aberto; a existência de estratégias específicas para matar os chefes e, por fim, o gostinho de quero mais.

Com toda certeza Titan Souls tem tudo para concorrer a um GotY na categoria de jogo de browser e, caso o projeto cresça, de jogo indie. Sua jogabilidade e gráficos simples, além de sua trilha sonora bem feita por si só já fazem a jogatina valer a pena;  somando com o fato de explorar a subjetividade do enredo deixando-o praticamente em aberto agrega ainda mais valor a (curta) experiência que o jogo proporciona, mas sabemos que essa é a receita para grandes sucessos, como por exemplo Limbo .

Se você ainda não teve o prazer de jogá-lo basta clicar aqui. O site ainda conta com um botão para dar suporte financeiro ao desenvolvedor do jogo. Agora basta esperar que ele consiga o suficiente para expandir seu universo e torná-lo ainda mais memorável que do que já é.

About Kaio Rodrigues

Único sobrevivente dessa página maravilhosa chamada PlayerTwo.com.br, junto com o fundador. Amante de jogos independentes de fan-made, passo parte do meu tempo sonhando em um dia ser jornalista de games.