Possível corte de preço do PS Vita em 2013

Recentemente em entrevista à Eurogamer, Fergal Gara, executivo britânico da Sony, afirmou que a empresa já pensa em uma redução de preço do Playstation Vita, e que esse corte deve vir em meados de 2013 para alavancar as vendas do portátil. Convenhamos que apesar de seu hardware incrivelmente potente e todas as suas possibilidades, o PS Vita tem um preço muito elevado, o que afasta um pouco os consumidores.

As vendas do pequeno notável da Sony não vão muito bem, principalmente se comparadas às do rival 3DS, que foi lançado um ano antes e já ultrapassou as 19 milhões de unidades vendidas, segundo dados disponibilizados em junho. Na mesma época, o Vita havia vendido 2 milhões de unidades. Claro que ele está no mercado há bem menos tempo que o portátil da Nintendo, mas é inegável que suas vendas estão muito abaixo das expectativas.

Grande parte disso se deve ao salgado preço de, no mínimo, 249 dólares, quase o valor de um console de ponta no lançamento. Mesmo com um hardware forte, o Vita não deixa de ser um portátil, então é inviável vendê-lo com quase o mesmo preço do PS3 e até do Wii U, que ainda nem foi lançado.

Outra crítica feita à plataforma diz respeito à sua escassa biblioteca de jogos. Existem poucos títulos de peso lançados para o Vita, como Uncharted e LittleBigPlanet. Esse cenário deve mudar num futuro próximo com a chegada de Assassin’s Creed III Liberation, Playstation All-Stars Battle Royale e  Call of Duty Black Ops Declassified.

Mesmo com alguns bons lançamentos a vista, o Vita só deve engrenar e começar a vender bem quando acontecer a redução de preço prevista no início do post. O mesmo aconteceu com o 3DS, que não estava muito bem comercialmente nos primeiros meses, e conseguiu se firmar após um corte drástico de preço.